Temos nosso próprio tempo. . .

Brasil. Bem Vindo (a)

Não adianta, tudo me afeta de certa forma, estou trabalhando para que eu consiga deixar pra lá, para que eu melhore como pessoa.

Sono, procrastinação, curtas metragens, Asma, LER .

Viciada em fotos, música e em alguns acordes, e pequenas coisas. Viva a sinestesia do momento.

Pensamento na cabeça: Quero fazer Yoga!




"Provehito in Altum" (‘Siga para alto’, algo como ‘siga em frente’.)₪ ø lll ·o.

Tenho que ter paciência para não me perder dentro de mim: vivo me perdendo de vista. Preciso de paciência porque sou vários caminhos, inclusive o fatal beco-sem-saída.
Clarice Lispector (via hariana) (via ohjosephine) (via vanroses)


deposito-de-tirinhas:

"Como eu morri da primeira vez" por Lorena Kaz http://www.lorenakaz.com/ 

deposito-de-tirinhas:

"Como eu morri da primeira vez" por Lorena Kaz 
http://www.lorenakaz.com/ 

Solidão não se cura com o amor dos outros. Se cura com amor próprio.
Martha Madeiros.  (via invirbus)

(Source: linguagem)